• SAÚDE E ASSITÊNCIA SOCIAL

    •Desburocratização do acesso dos Florentinos à saúde de especialidade;

    •Definir políticas adequadas de proteção dos direitos dos idosos, designadamente, no apoio às famílias, na prestação de serviços de cuidados diretos na área da gerontologia social e numa efectiva rede de cuidados paliativos baseada na proximidade;

    •Tornar regular a deslocação de pediatras à nossa ilha.

  • ENSINO

    •Promover o ensino técnico-profissional nas Lajes;

    •Reformar o parque informático da EBS das Flores.

  • TRANSPORTES

    •Redução do custo das viagens aéreas inter-ilhas através da criação de uma tarifa

    máxima de 80€;

    •Certificação da iluminação da pista do aeroporto das Flores;

    •Transporte marítimo de passageiros com modelo de escala regular;

    •Melhoramento da política de escoamento de produtos da ilha para outros mercados.

  • ECONOMIA

    •Incentivos à fixação da população, à atividade económica e à criação de emprego;

    •Despolitização do acesso ao emprego na administração pública, acabando com a perversa “entrevista”.

  • OBRAS PÚBLICAS E ENERGIA

    •Reforço da aposta em energias renováveis;

    •Manutenção da vigilância pelo cumprimento da execução de obras públicas prometidas ou “lançadas”;

    •Pousada da Juventude nas Lajes das Flores.